8 Jul 2018

Quais os maiores desafios como nutricionista em uma empresa privada?

 

Buscar por uma empresa privada para começar na carreira de nutricionista é uma opção bastante comum. Há quem comece ainda na faculdade, em um estágio ou vaga de auxiliar e então siga na mesma empresa após a formação.

O detalhe é que em muitos casos, o profissional fica ali, estagnado, cumprindo as mesmas tarefas do início e sem visão de crescer na carreira.

Apesar disso, é possível sim crescer dentro de uma empresa privada e deixar o lugar comum. Basta estar disposto (a) a aprender cada vez mais e estudar se a empresa em que atua conta com um plano de desenvolvimento do cargo. Se isso ainda não existe, você mesmo (a) pode propor, principalmente quando falamos de pequenos negócios, que ainda estão começando, mas não tem nenhum planejamento desse tipo.

Saiba agora quais são os maiores desafios para elevar sua profissão a níveis mais altos quando se opta por trabalhar como CLT:

 

1 – Falta de um plano de carreira na empresa

 

Muitas empresas não pensam em gestão de desenvolvimento de funcionários. Para muitos administradores, um nutricionista que atua em restaurantes, por exemplo, não teria outro tipo de desenvolvimento senão o de gerente de unidade. Quando em um hospital, poucas vagas tem potencial de evolução para um cargo de supervisor ou diretor da área, por exemplo. 

Ao entrar em um novo emprego, procure conhecer se existe um plano de carreira para os nutricionistas e se é possível ter novas possibilidades.

 

2 – Fazer seu marketing pessoal

 

O marketing pessoal é importante não apenas para quem decide ser dono do próprio negócio, mas também para você que optou por trabalhar em uma empresa privada. E fazê-lo é um grande desafio.

Nesse caso o foco é muito maior no público interno da empresa, ou seja, seus superiores e colegas de trabalho. Você precisa mostrar que tem interesse em crescer, conhece bem o mercado que atua e gostaria de se especializar cada vez mais. Também evidencie que está disponível para aprender em equipe, auxiliar os demais dentro de sua aptidão, fazendo conexões.

 

3 – Se manter atualizado

 

A área da saúde, assim como várias outras, exige que você não pare de estudar assim que terminou a faculdade.  Ao terminar o curso você entende um pouco de tudo e pode ser que tenha uma noção de no que gostaria de se especializar. Foque então nisso. A ideia é que você se torne especialista em uma área, se possível. Se não, que esteja sempre atento às novidades do setor. Assim, você mostra para a empresa em que trabalha que há a possibilidade de ser promovido e que poderá atender uma demanda diferente se surgir a oportunidade.

 

4 – Medo de tentar algo diferente

 

O medo é um dos grandes desafios a ser vencido. Há casos em que uma empresa não tem mais o que oferecer a você e a sua carreira. Você já cresceu ao máximo ali.

Então, o desafio agora é a coragem de mudar para outro emprego, apostar em outra empresa privada ou até mesmo de começar a empreender em seu próprio negócio. Mas trocar o certo pelo duvidoso é difícil para a maioria das pessoas.

Ainda assim, se você se especializou, deu o seu melhor e percebe que não tem como crescer mais na empresa em que se encontra, que tal alçar voos mais altos?

Nós da UPXP desejamos trazer essa experiência para você, de enxergar a profissão por um outro ângulo e acima das ideias. Continue acompanhando nossas atualizações, pois, postaremos muito conteúdo relacionado para te auxiliar a impulsionar sua carreira cada vez mais.

 

Texto por Stephanie Quadros.